Um dia gelado em Monza, na Itália

Na semana passada nós recebemos aqui em casa um amigo da República Tcheca. Como ele estava a passeio um dos lugares que ele quis conhecer foi o autódromo onde acontece o Prêmio de Monza da Fórmula 1 e o Victor foi com ele lá. Esse autódromo fica dentro do Parque de Monza, uma área gigantesca nessa cidade que faz parte da área metropolitana de Milão.

Eles foram numa terça-feira e, ao chegarem lá, o Victor começou a me enviar diversas fotos e vídeos do parque o que me deixou enlouquecida pra ir lá também e foi isso o que fizemos no dia seguinte. O Tito pegou folga do trabalho, avisamos na escola da Tereza que ela ia faltar e fomos para a estação central pegar um trem direto pra Monza.  A viagem é curtíssima (são apenas 10 minutos) e a cidade é um encanto, especialmente nessa época do ano que antecede o Natal.

Fizemos um pequeno tour pelo centro da cidade, olhando as várias igrejas, as vitrines das lojas, as praças com as árvores coloridas pelo outono, fizemos uma pausa para o almoço (com uma boa massa e um bom vinho, é claro) e depois seguimos em direção ao parque.

milano centrale
Estação central de milão
Blog
Chegando em Monza
Blog-12
Ruas e vitrines sendo decoradas para o natal
Blog-2
Aquela tranquilidade de cidade pequena
Blog-11
O Arengario
Blog-3
Igreja de Santa Maria na Estrada
Blog-6
Um garotinha fazendo charme 😉
Blog-5
Tetê, Tito e Marvin
Blog-7
Um pausa para o lanchinho
Blog-10
Tetê e eu no Arengario
Blog-13
Um dog amarelo-caramelo…
Blog-14
e uma rua charmosa
Blog-17
Igreja Santa Maria Carrobiolo
Blog-8
As cores do outono de Monza
Blog-16
Tito, Tetê e Marvin procurando um restaurante para o almoço
sdr
Um bom vinho italiano para acompanhar

Depois do almoço, seguimos para o parque que é imenso (segundo a Wikipedia, tem quase 700 hectares) e mesmo que quiséssemos, não conseguiríamos andar por ele todo em apenas um dia. Mas isso não foi um problema porque o objetivo era caminhar tranquilamente, respirar um ar mais puro (algo que ficou pra trás quando deixamos a República Tcheca) e deixar a Tetê e o Marvin livres para correr e brincar sem grandes preocupações.

Blog-18
A alegria de quem vai correr ao livre
Blog-26
Tito e Marvin (olhem a cara de alegria desse dog)
Blog-19
Eu, numa aparição rara aqui no blog
Blog-20
Tetê e Marvin, descansado depois da correria

Eu nem sei explicar direito que eu senti e o tanto que eu adorei esse lugar. A energia, a beleza, tudo se configurou num cenário perfeito de paz e calma que eu não sentia há muito tempo. E ver a Tetê e o Marvin correndo como se não houvesse amanhã contribuiu para que eu me sentisse tão bem.

Blog-21
Entrada do centro hípico
Blog-23
Essa coisa linda que chegou bem pertinho da gente. Acho que ele queria conversar 🙂
Blog-22
Tito e Marvin fazendo uma pausa para o descanso
Blog-24
Gansos encantando os passantes e pedindo comida
Blog-25
O sol indo embora

Ficamos por lá a tarde inteira e no finzinho do dia voltamos para estação central para pegar o trem de volta para casa. No tempo de espera, uma pausa para o café e para uma foccacia (a nossa queridinha italiana). No inicio da noite já estávamos em casa, mortos de cansaços mas com o coração feliz por termos vivido um dia perfeito. ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.